quarta-feira, 29 de abril de 2009

Involução humana.

A imagem ficou bem torta mesmo. É que eu digitalizei do meu livro e fiquei com uma puta preguiça de cortar bonitinho, então vai assim.
Bem, esse "cartum" é de um artista plástico brasileiro chamado Caulos e... Se eu não me engano, faz parte um livro chamado "Só dói quando eu respiro". Estava numa aula de LTT/SIC esses dias e vi essa imagem da involução da espécie humana, achei bem interessante mesmo essa imagem e resolvi postar aqui com algumas críticas, porque não poderia faltar, né. Esse artista plástico também fez um diálogo com a obra de Edvard Munch, O grito (1893). Se vocês conseguirem achar a imagem do discurso de Caulos, aconselho que tentem ler a imagem, vale muito a pena. :D

Voltando ao tema principal... Eu fiquei meio revoltado esses dias por causa das provas... ENEM e Fuvest, mano, que porra é aquilo?! Sabe, enquanto as universidades de todo o mundo estão RETIRANDO o vestibular para facilitar a entrada de pessoas nas faculdades, o Brasil faz ao contrário. Parece que brasileiro a-do-ra complicar as coisas, não é?! Eu realmente não entendo porque tanta frescura, eles já tiveram esse sistema de "processo seletivo" há anos e não deu certo, por quê diabos eles quiseram tentar de novo? Depois ninguém entende porquê o Brasil não vai para frente... Mas a verdade é essa. O Brasil tem tudo, simplesmente tudo, para ir pra frente... Exporta alimento para todos os países e blábláblá, mas quando se trata de educação, amigo... FODEU! Acho que ao invés de ficar investindo nessa porra de Fuvest eles deveriam se preocupar com o pessoal do Nordeste e as pessoas realmente de baixa renda, sabe? E o fato é... Eles não vão retirar o vestibular, não vão! Você paga R$100 para fazer uma prova e devemos calcular, mais ou menos, um pouco mais de cinco mil pessoas que fazem prova por ano. Isso dá um dinheiro do caralho, não é? É. Eu perdi minhas esperanças com as coisas daqui, é realmente de dar desgosto.

Outra coisa que me revolta bastante também HUAHUA são essas merdas de consumismo. Para quem achar a obra O grito (de Caulos), tente ver isso, right? É como se o grito revelasse o que é para a mulher viver no dia de hoje... Não só como o tiozin do grito, eu também sou espantado com a sociedade atual, é. Novelas, músicas, programas de "humor"... Somos eternas marionetes e quem tem nosso cotrole é a Globo, gentchê.


Parei de dar uma de adolescente revolts aqui, mesmo. Tomi vai acabar me batendo. ):

E eu não reli meu post, então... Qualquer erro é mera coincidência, bjs.


Bill.

Posted by Kaulitz @ 6:26 PM
1 Comments

domingo, 26 de abril de 2009

Bowie.

A coisa mais linda do mundo, fala sério. \*-*/

Bem, ele é um Golden Retrivier, sabe, parente do Labrador. Os dois são as raças mais lindas quando são filhotes... E continuam sendo lindos quando crescem, claro. E, hm, o nome dele é Bowie. Já aprendeu a me arranhar e tentar me morder, apesar de não doer tanto... Espero que ele se comporte mais que o Ethan, né. x__x E por falar no Ethan, estou morrendo de saudades dele! Preciso de um tempo livre para conseguir ir ao zoológico, bjs.
E... Ahn, estou postando mesmo só porque eu tinha prometido uma foto do Bowie aqui quando ele chegasse... Dois dias depois, mas beleza.

Ontem tive uma festa de casamento para ir e foi super estranho, porque a mulher era evangélica e o cara era católico. AHUAHU Pelo menos teve bebida, é. E eu tomei o vinho mais tenso de toda minha vida. Cara, era muito forte aquela merda! Mas adorei a festa, bebi bastante, dancei bastante -t e vi o irmão do Lula. Sim, o Lula que todos conhecem. ): Não era para menos, porque o salão era um luxo. E me falaram que aquela festa estava entupida de político, não sei se é verdade, mas bem... Provavelmente.

Para finalizar... Alguém viu meu irmão por aí? O viadinho sumiu, cara! E me abandonou aqui, beleeza. :D

Bill.

Posted by Kaulitz @ 7:40 PM
0 Comments

sábado, 25 de abril de 2009

WTF?!


O Flickr me odeia, fato.

T.

Posted by Kaulitz @ 9:09 PM
0 Comments

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Useless.


Bem, hoje eu fui ao teatro de novo, porque eu sou uma pessoa super culta, sabe? HAUHAU Ok, não. Enfim, fui com os meus colegas (vulgo: colégio, rs) para ver uma peça do Gil Vicente, Inês. Eu fiquei com uma dúvida entre Inês Pereira e Inês de Castro desde que o Phantom comentou sobre as duas para mim e, tirando dúvidas, era Inês Pereira mesmo. A peça foi muito foda! Todo mundo achando que ia ser um lixo, por ser do Gil Vicente, português arcaico e blábláblá, mas foi ótimo! Os atores são excelentes mesmo e se eu pudesse eu veria mais uma vez. Para quem não foi ver ainda, eu recomendo!
Voltando para um pouco antes do teatro... Eu passei um sufoco até chegar na estação Ana Rosa. Primeiro eu peguei o Fura-fila aqui em frente de casa e, beleza, eram 7h15 e eu tinha que estar na Ana Rosa às 8h. Cheguei na Sé eram 7h40 (haha) e... Adivinha?! Um mooooooonte de gente lá. Acho que passaram uns 5 metrôs até eu entrar no vagão e, porra, eram 7h52. Eu estava morrendo de medo de chegar lá na estação e o pessoal já ter ido, maaaas... Eu acabei chegando lá às 8h em ponto. Sou pontual até quando o tempo está contra a minha pessoa. E isso animou meu dia, né... Fiquei me achando lá. -n ):


Amanhã é Sexta-feira, finalmente! Espero que meu dia seja tão bom quanto o de hoje... Afinal, eu mereço!

E, porra... Eu viciei naquela música de abertura do iCarly. e_e


Post fazendo juz ao título, atoron. 8D


Bill.

Posted by Kaulitz @ 9:57 PM
0 Comments

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Macumba pro Luke



Também conhecido como ciclo/círculo trigonométrico.


T.

Posted by Kaulitz @ 10:33 PM
5 Comments

terça-feira, 21 de abril de 2009

E assim caminha a humanidade...

Bem, eu ia escrever ontem mas o blog começou a dar problema e eu desisti depois de três ou quatro tentativas de postar o mesmo texto.
Então, cá estou eu escrevendo antes de ir dormir. Meu irmão já dormiu faz tempo, e eu não sei como eu consegui levantar da cama sem acordá-lo (se ele tivesse acordado, provavelmente eu não estaria aqui). Já que eu não consegui postar ontem sobre isso, eu vou fazer hoje porque eu realmente preciso dividir isso com as pessoas.
Ontem de madrugada eu estava fuçando no Flickr à procura de algumas fotos pro meu trabalho (que por sinal ficou demais e eu provavelmente vou escrever sobre ele depois), quando me deparei com a pessoa mais estranha e bizarra que eu já vi na minha vida. Se ela não for, com certeza chegou bem perto de subir ao topo do pódio.
Eu acabei dividindo aquele momento com um amigo meu que acabou até fazendo um fake dele.. Dela... Daquilo.
É sério, eu realmente não decifrei o sexo da criatura e se por um acaso alguém conseguir descobrir, me avise. É uma mistura de Marilyn Manson com as garotas do SNZ.


"From my trauma" - e bota trauma nisso!

O caso é que eu comecei a imaginar como seria encontrar com uma pessoa dessas no meio de um shopping, em especial depois que eu vi a foto dele(a) no local. Aliás, tem uma mulher com um carrinho de bebê na foto! Imagine o trauma na vida daquela criança. Provavelmente vai crescer querendo ser como isso.
Mas, sabem o que é mais bizarro ainda do que ele(a)? Os comentários! Não sei quem é pior, a pessoa da foto ou quem comenta positivamente nelas (e com sinceridade!).
Enfim, cada um na sua. Mas isso só me deixou com mais certeza ainda de que Rob Gordon está certo: a humanidade não deu certo.

Bem, traumas à parte, eu preciso comentar que é mentira o que o meu irmão disse sobre eu estar feliz com a saída do Ethan da nossa casa. Tanto é mentira que eu quase me vendi pra conseguir deixá-lo na Alemanha (e consegui). Não me perguntem como, são técnicas muito pessoais.

E bem, uma observação à parte de qualquer outra coisa que eu tenha dito até agora, mas que todos precisam saber: sou o cara mais feliz do mundo
.

T.

Posted by Kaulitz @ 11:46 PM
4 Comments

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Ohana.

"Ohana" quer dizer família.
"Família" quer dizer nunca mais abandonar... Ou esquecer.

Esse é o Ethan, meu bebê. A coisa mais fofa que eu já tive o prazer de abraçar em toda minha vida!

Bem, para ser sincero, eu duvidava de mim mesmo. Achei que não seria capaz de cuidar de um leão, mas não desisti e o Tomi acabou me dando o Ethan de Natal. Parece que nós passamos pouco tempo juntos, mas foram quatro meses. E foram os quatro meses mais agitados da minha vida, afinal eu nunca soube que um filhote de leão pudesse me alegrar tanto, apesar de ter destruído boa parte da casa (principalmente as almofadas). Ele foi a minha companhia nos dias que o Tomi decidiu ficar longe de casa e, muitas vezes, foi a única "pessoa" que me escutou. Eu, realmente, nunca vou esquecer a carinha que ele fazia quando queria brincar comigo e eu não tinha tempo, até acabar cedendo... Foram ótimos tempos!

E... É nessa semana que, com muito pesar (e felicidade do Tomi u_u), nós estamos "devolvendo" o Ethan. Espero vê-lo sempre que possível, porque assim como eu seria incapaz de abandonar o Tomi, também sou incapaz de abandonar o Ethan. Então nós estamos vendo se conseguimos deixá-lo em algum zoológico aqui na Alemanha mesmo (para quem não sabia, o Ethan é dos Estados Unidos), mas.... Por via das dúvidas, fiz meu irmão prometer comprar um cachorro para mim e assim que ele tomar vergonha na cara e comprar, posto uma foto do cãozinho aqui. *-*

Bill.

Posted by Kaulitz @ 7:54 PM
1 Comments

sábado, 18 de abril de 2009

Smile.

Sempre me falaram que a felicidade era um sentimento passageiro. Eu nunca duvidei, afinal nunca consegui passar mais de um determinado tempo feliz... "É como dinheiro na mão de pobre", eles diziam. Até que, um dia desses, meu amigo me disse que isso não era verdade. Ele disse que somos nós quem construímos a nossa felicidade através de nossos amigos, então eu decidi parar para pensar sobre isso. Realmente, ele estava certo. Somos nós quem escolhemos nossos amigos e, veja, são eles que animam nosso dia. Não digo que todo mundo tem um amigo que é palhaço, não mesmo. Você já é feliz de estar com o seu amigo, porque ele te faz bem. Ele te escuta, ele te ajuda e segura sua mão quando você precisa. Ele te dá bronca e fala coisas que você não ouviria de mais ninguém. Quinta-feira eu estava com o Phantom e comentei com ele sobre nos nossos "amigos". Eu sinto muito orgulho de ter amigos, assim como ele, que conseguem entender o que eu digo e que estão comigo para tudo. É uma amizade, realmente, muito rara. São poucos hoje em dia que merecem nossa confiança. Quando você pára para pensar nos teus amigos você se sente na escola, naquele trabalho em grupo, sabe? Cada um diz que vai fazer uma coisa. Tem um apressadinho, que quer fazer tudo logo; tem o perfeccionista, que quer tudo do jeito dele; tem o "copia-e-cola", que nem se dá o trabalho de verificar o texto, e, obviamente, tem o "âncora", que espera todo mundo fazer o trabalho para perguntar o que ele tem que fazer. Quem não tem amigos assim? Ultimamente eu tenho prestado muita atenção nos meus amigos e percebi um "âncora", uma pessoa que eu nunca imaginei que fosse ser daquele jeito. Não comigo e não nosso "círculo da amizade". É terrível pensar em uma amizade que você sempre fez (e faz) de tudo para manter firme e que, simplesmente, pára de ser como era. Como o Phantom disse, sem motivos. Você está todo murcho porque acabou de sair de um relacionamento péssimo e precisa desabafar, para onde ir? Seu amigo, é claro. Ele simplesmente diz "relaxa e goza, aproveita a vida" e começa a falar coisas sobre o "relacionamento perfeito" dele, como se você estivesse super interessado em saber. E é nessas horas que nós descobrimos as pessoas em que devemos confiar. Confesso que já me estressei muito com o Phanttie e ele sabe disso como ninguém, e o melhor de tudo é pensar que mesmo assim ele ainda é uma pessoa que vai ficar sempre ao meu lado, eu querendo ou não.

E quanto aos âncoras... Estou muito bem sem eles, obrigado.


Bill.

Posted by Kaulitz @ 1:54 PM
0 Comments

. Vai ver é assim mesmo.
. The Half-Blood Prince.
. Россия.
. Macaulay Culkin.
. Eu precisava postar isso... Esse é o Phantom, de...
. Glücklicher Geburtstag
. Morri!! (1:37) D: Odeio ter devaneios na madruga...
. Yaaay! É isso o que acontece num sábado a noite c...
. Eu sou o mensageiro
. Aí vou eu!

Arquivo

04.2009
05.2009
06.2009
07.2009
08.2009