domingo, 31 de maio de 2009

Hallo!

Whooa, passei quase um mês exato sem postar nada aqui! Isso não é bom.
Embora o Bill tenha se mostrado bravo comigo por isso, ele sabia que eu não aparecia aqui por problemas e por falta de tempo. E ele não teve uma semana muito fácil, mas ele também sabe que eu estive ao lado dele, então não quero mais ninguém vindo me falar merda sobre como eu me relaciono com meu irmão, flw.
Bem, justificando minha sumida, eu tô atolado de coisas no leprosário (vulgo, colégio). Eu tô ajudando a escrever a peça de teatro que vamos apresentar esse ano, então tô tendo que ler mil livros pra poder escrever e mandar pros meus professores revisarem. Além disso, semana passada foi semana de provas e eu tive que estudar pouco, e me fodi em matemática. Ou seja, estou tendo que ralar desde agora pra recuperar a nota, já que a prova é daqui duas semanas.
Bem, resumindo, é isso. Os outros problemas ninguém além do meu irmão precisa saber, então fica nisso mesmo.
Como podem ver, o blog tá com um layout novo. Eu fui à casa de um amigo ontem e ele comentou sobre o blog, porque ele sempre lê e eu falei: caralho. Aí eu me toquei de como eu abandonei isso aqui, e de como isso é importante pro Billie então resolvi pegar o meu tempo e dedicá-lo a fazer algo legal pra cá. Ele ainda não viu, então eu tô meio com medo de qual vai ser a reação.
É, ele não tá em casa e não estará até amanhã. Ele foi viajar ontem de manhã e nós não nos falamos desde então. É meio difícil, sabe, mas eu tô tentando sobreviver. Tive que me distrair com algo, então fiz uma parte de um trabalho e depois, vim mexer aqui (além de encher muito o saco do Bowie).

Enfim... Amanhã é segunda feira e eu vou ter que voltar à rotina de estudos e coisas tais. Eu vou tentar não sumir por um mês novamente, mas agora já tá explicado. Agora vou voltar ao trabalho, porque é pra isso que eu vivo, né. -_-

T.

Posted by Kaulitz @ 6:24 PM
1 Comments

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Cansei.

Eu não aguento mais tudo isso, velho. Todo dia é a mesma coisa, todo dia eu me estresso com as mesmas pessoas, todo dia eu vejo as mesmas coisas... Todo dia eu vivo a mesma mentira. Sabe, eu cansei de falar que estou bem e que estudo está dando certo, não está! Porque quanto começa a dar certo sempre tem um filho da puta para estragar isso. Não posso nem dar um sorriso sincero por três minutos que alguém já consegue mudar completamente meu humor. E isso tem ficado cada dia pior.
Já fazem duas ou três noites que eu não sei o que é dormir bem e comer direito, e o motivo? Estresse. Ontem eu quase me matei com cinco pílulas de calmante, mas pelo menos abaixou o clima ruim aqui... E se tudo se resolvesse só com calmante, poderia enfiá-lo em qualquer lugar a qualquer hora, mas não. E aquele ditado de "não fuja dos teus problemas, enfrente-os" tem ido de mal a pior. Não consigo nem mais respirar direito e já vem neguinho pulando pra cima de mim querendo falar mil e uma coisas.
Alguém me diz o que eu fiz de ruim para merecer tudo isso? Adoraria saber, de verdade.

Bill. - Porque ninguém mais posta aqui. :)

Posted by Kaulitz @ 7:45 PM
0 Comments

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Eternal sunshine...

Ah, que meigo! ):
Bem, hoje eu estou bastante feliz e... É. Apesar de algumas coisas terem acontecido ao longo do dia, agora eu estou bem animado. \*-*/ Obrigado Joely (vulgo gordinho revoltado :/) por sempre, sempre e sempre me animar. Eu amo você.

E... Em homenagem ao filme que eu vi ontem - e ao Joely...


Joel: I can't think of anything I don't like about you right now.

Clementine: But you will. You will think of things... And I'll get bored with you and feel trapped because that's what happens.

Joel: OK.

Clementine: OK.


Bill.

Posted by Kaulitz @ 6:33 PM
0 Comments

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Scheisse!

Quando tudo simplesmente está ocorrendo bem e você acaba se estressando com uma única peça. Aí você fica com vontade de desmanchar tudo por causa daquela peça, não é? É, na vida real também é assim.
E antes que achem que eu estou dando alok por nada, eu estou muito bem, obrigado. x_x

Se eu não posto, ninguém posta, então... Estou postando. (!)
Nota: brigar com o Tomi depois.

Tenho dois dias livres e porra nenhuma para fazer. Vida de pobre é um saco. Agora sim tô dando alok. u_u

Bill.

Posted by Kaulitz @ 7:15 PM
0 Comments

sábado, 9 de maio de 2009

My endless love.

Eu nem sei ao certo como começar e muito menos o que dizer. Como eu já lhe falei, queria ser perfeito como você. Infelizmente não sou, mas tento ser o melhor possível, porque você merece. Por isso estou aqui, tentando colocar (pelo menos boa pate dos) meus sentimentos em palavras. É frustrante, porque eu penso em milhares de coisas para lhe dizer o dia inteiro e quando sento em frente ao computador as palavras somem. Eu poderia me contentar em dizer, apenas, "eu te amo", mesmo sabendo que essas palavras (mesmo quando acrescentamos o "muito") não conseguem expressar a coisa certa. O fato é... Eu não consigo apenas te amar.
É estranho imaginar que o amor da tua vida está, realmente, sempre ao seu lado e você nunca se toca... Sempre está procurando por alguém melhor que o anterior para ver se cura o "coração partido". No meu caso, não foi necessário um coração partido para me dar conta de quem eu realmente amava. A pessoa que estava ao meu lado para tudo, a única que tinha (e tem) coragem para me enfrentar e de contrariar com o que eu digo. E se bobear, a única que falou, sem mentir, que me amava. Mas, confesso, foi difícil acreditar e me convencer de que era verdade. Maior que a dificuldade nisso era o medo. Medo de contar, medo de amar, medo de você, de mim, de nós. E o mais incrível é... Quando isso tudo é recíproco. Alguém poderia, de alguma forma, imaginar no quê nós iríamos nos tornar? Bem, talvez sim... O duro, como eu já disse, é se convencer.


Ainda bem que você sabe que eu não sou muito bom com as palavras, mas sabe que tudo isso que eu tentei dizer é verdade, porque nós sentimos o mesmo. Não é?
Eu te amo, Tomi. E só você consegue imaginar o quanto.

Pétala
O seu amor

Reluz que nem riqueza,

Asa do meu destino,

Clareza do tino.
Pétala

De estrela caindo bem devagar.

Ó, meu amor,

Viver é todo sacrifício

Feito em seu nome.
Quanto mais desejo um beijo seu

Muito mais eu vejo gosto em viver, viver...


Por ser exato, o amor não cabe em si

Por ser encantado, o amor revela-se

Por ser amor

Invade

E fim.

Bill.

Posted by Kaulitz @ 6:38 PM
0 Comments

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Dia do trabalho...


1º de maio, dia do trabalho. Que data mais linda, não? Vários países hoje, comemoram esse dia com um feriado, incluindo o Brasil e a Alemanha (é claro que eu precisava falar sobre ela, né).
Falando sobre o primeiro, o dia 1º de maio foi considerado oficialmente o "dia do trabalho" quando Vargas anunciou as primeiras mudanças na legislação que atendiam às reivindicações dos trabalhadores, por exemplo, a jornada de oito horas e o salário mínimo.
Na Alemanha, a coisa é parecida, porque nesse dia, na época imperial, milhares de pessoas protestavam pelos mesmos motivos, além do direito de se arrumarem em sindicatos. Muitas pessoas não são cientes do fato de que, apesar de a Alemanha participar de uma economia de mercado, há o princípio do estado social, o que acaba tirando a liberdade do regime.
Os nazistas costumavam usar essa data para fazer discursos populares, e até hoje há protestos por parte dos neonazistas no país (inclusive, já fiquei sabendo de uma zona que teve nessa madrugada).

Enfim, o caso é que esse feriado é lindo, pelo menos eu acho. Mostra a garra dos trabalhadores, a força que uma manifestação popular pode ter contra o Estado.
Todo trabalhador merece um descanso, certo? Até nós, que apenas estudamos, somos trabalhadores e merecemos esse dia para ficar em casa fazendo nada, ou ficar na rua fazendo tudo. Mas... Estou revoltado.

Acordei mais cedo do que costumo acordar em feriados e finais de semana hoje (13h), passei na cozinha e comi qualquer coisa pra depois sair. Eu ia ao mercado comprar algumas coisas.
Até aí tudo tranquilo, mas o pesadelo começou quando parei em frente ao supermercado aqui perto de casa e ele estava fechado. Fiz minha melhor cara de "WTH?" e fiquei pensando no que fazer, afinal, eu precisava mesmo fazer compras.
Respirei fundo e resolvi ir ao outro mercado, que apesar de ser um pouco menor, tinha tudo o que eu precisava (além disso, ele ainda é relativamente perto de casa). Quando parei em frente dele, adivinhem? Fechado! Como pode isso? Isso nunca aconteceu antes. Então, eu resolvi ir a um outro supermercado, que dessa vez, era longe de casa. Eu não desisto tão fácil.
Nesse supermercado tem uma praça de alimentação, e eu já estava até pensando em comprar um lanche pra levar pra casa e comer mais tarde. Fiquei pensando em qual lanche eu compraria durante todo o caminho, até que cheguei ao supermercado... Fechado.
De repente eu me senti em um daqueles filmes, em que você é a última pessoa do mundo. Todo mundo à minha volta sumiu, e eu só vi a mim mesm ali, dentro do carro, com a catraca do estacionamento fechada bem na minha cara.

Agora... Tenho uma pergunta... POR QUE NÃO ME AVISARAM QUE ESSAS PORRAS DE SUPERMERCADOS NÃO ABRIRIAM HOJE??
Eu nunca vou ao supermercado (meu irmão que o diga), e quando vou, resolvem conspirar contra mim!?
Foi realmente um absurdo! Eu concordo que caixas de supermercado e moças do ticket do estacionamento merecem descansar também, afinal, são trabalhadores, mas como eu fico?
Na Alemanha, normalmente os estabelecimentos ficam pouco tempo abertos mesmo, mas não me avisaram que voltamos a 1990 e que eles fecham às 14h.

Então eu cheguei à conclusão de que eu deveria passar meu feriado em casa fazendo nada, já que se eu ficasse na rua, teria que fazer o mesmo.
Quando cheguei em casa, lembrei de que havia uma coisa muito preciosa no meu armário: cookies! Eu fui correndo pegá-los e quando abri, cadê?
Why??? T-T


T.

Posted by Kaulitz @ 4:53 PM
0 Comments

. Vai ver é assim mesmo.
. The Half-Blood Prince.
. Россия.
. Macaulay Culkin.
. Eu precisava postar isso... Esse é o Phantom, de...
. Glücklicher Geburtstag
. Morri!! (1:37) D: Odeio ter devaneios na madruga...
. Yaaay! É isso o que acontece num sábado a noite c...
. Eu sou o mensageiro
. Aí vou eu!

Arquivo

04.2009
05.2009
06.2009
07.2009
08.2009